Movimento (Des)aprenda é lançado para apoiar professores de todo País

Instituições de ensino, entre elas a Una, e empresas pretendem fomentar a formação docente e a colaboração entre os educadores

Não existe, na história da humanidade, uma sociedade bem desenvolvida que não tenha sido alicerçada nas escolas e universidades de qualidade. Se as Escolas são as grandes protagonistas da sociedade, o professor é o grande artífice dessa transformação. Com o objetivo de contribuir com o importante trabalho realizado por esses profissionais, o Instituto Ânima, organização da sociedade civil sem fins lucrativos, e integrante do Ecossistema Ânima, do qual a Una também faz parte, lança o Movimento (Des)aprenda, uma iniciativa, apoiada por diversas instituições de ensino e empresas, que tem por objetivo capacitar docentes e gestores para o presente e o futuro da educação. A ação é dedicada a gerar aprendizagem e colaboração entre os professores por meio de conteúdos como webinars e workshops sobre inovação, carreira docente e dispositivos digitais. Os interessados podem saber mais no link: https://movimentodesaprenda.com.br/

Movimento (Des)aprenda surgiu de uma ideia do Presidente do Conselho da Ânima Educação e do Instituto Ânima, Daniel Castanho. O movimento foi pensado para estar à disposição de forma permanente fomentando a troca de experiências exitosas entre professores para que eles possam levar o que há de melhor para sala de aula. “Vivemos um momento de muitas dificuldades para a educação onde é necessário pensar em soluções inovadoras para superá-las. O Movimento (Des)aprenda faz parte desta solução. Ele é uma grande oportunidade para reunir educadores de todo país numa iniciativa com o objetivo de criar um ecossistema de aprendizagem entre professores e aproveitamos a Semana do Professor para lançar o projeto”, ressalta Castanho.

As primeiras ações do movimento acontecem entre os dias 19 e 23 de outubro em uma série de encontros virtuais formativos gratuitos, mas o projeto é contínuo e já tem programação prevista até dezembro de 2020. A programação está repleta de conteúdos para os participantes com a presença de profissionais renomados da área acadêmica em workshops e webinars. As inscrições podem ser feitas através do site https://bit.ly/318Vt4T.

Os primeiros dias do evento vão contar com a palestra do professor, pesquisador e designer de experiências educacionais inovadoras, Edson Grandisoli, sobre “Educação, Docência e a COVID-19” e a aula da finlandesa especialista em desenvolvimento educacional e profissional de professores, Terhi Skaniakos, sobre “Profissionalização docente e desenvolvimento colaborativo”. Os participantes poderão, ainda, assistir o “Workshop de ferramentas digitais” com a Professora Universitária e Coordenadora Pedagógica do Instituto Ânima, Alessandra Silva, e o Professor e Designer Instrucional do Instituto Ânima, Luiz Lana, e o painel “Transformando escolas em hubs de inovação e empreendedorismo” com a israelense, Lilac Wasserman, – Parcerias Globais no Mifras Educational.

O case “Diálogos entre Brasil e Finlândia: mudanças na sala de aula a partir de uma formação docente internacional” será apresentado pela professora universitária e palestrante Juliana Lopes. Falando sobre “engajamento de turmas grandes”, o professor, gestor acadêmico e podcaster do Sala de Professor, Walisson Ferreira, abordará o tema “Feedbacks na aprendizagem colaborativa” e a professora universitária Tacyana Arce trazendo o debate “Fake News e Educação”.

 

Serviço: 

O que: Semana do Professor e lançamento do Movimento (Des)aprenda

Quando: 19/10 a 23/10
Onde: https://bit.ly/318Vt4T

Quanto: Gratuito

 

Programação:

19/10 – Palestra “Educação, Docência e a COVID-19” – Professor e pesquisador Edson Grandisoli

20/10 – Aula sobre “Profissionalização docente e desenvolvimento colaborativo” – Terhi Skaniakos

21/10 – Case Diálogos entre Brasil e Finlândia: mudanças na sala de aula a partir de uma formação docente internacional

Professora universitária e palestrante Juliana Lopes – Engajamento de turmas grandes

Professor, gestor acadêmico e podcaster Walisson Ferreira – Feedbacks na aprendizagem colaborativa

Professora universitária Tacyana Arce – Fake News e Educação

22/10 – Workshop de ferramentas digitais – Coordenadora Pedagógica do Instituto Alessandra Silva e o Professor e Designer Instrucional do Instituto Ânima Luiz Lana

23/10 – Transformando escolas em hubs de inovação e empreendedorismo – Parcerias Globais no Mifras Educational – Lilac Wasserman

 

Sobre a Ânima Educação

Com o propósito de ‘Transformar o Brasil pela Educação’, a Ânima é uma das principais organizações educacionais particulares de ensino superior do País e conta com aproximadamente 145 mil alunos em nove instituições: Universidade São Judas Tadeu (SP), Una (MG e GO), UniBH (MG), Faseh (MG), UniSociesc (SC), AGES (BA e SE), UniFG (BA), UNICURITIBA (PR), além de atuar na Unisul (SC) em parceria de cogestão. Também fazem parte do Ecossistema Ânima a Escola Brasileira de Direito (EBRADI), a HSM, a HSM University, a SingularityUBrazil, a Inspirali, e a escola internacional de gastronomia Le Cordon Bleu, em São Paulo, além do Instituto Ânima. A Ânima foi eleita nos últimos cinco anos uma das 100 Melhores Empresas para Trabalhar. Além disso, foi destaque, em 2020, como uma das 5 Empresas mais Inovadoras do País, na categoria Serviço, de acordo com o Anuário de Inovação do Valor Econômico, e conquistou em 2019 o prêmio Mulheres na Liderança, na categoria Educação, iniciativa da ONG Women in Leadership in Latin America (WILL). Ainda em 2020, a companhia foi destaque no Anuário Época NEGÓCIOS 360°, pela segunda vez consecutiva,  como uma das melhores empresas, na área da Educação, do Brasil.

 

Sobre o Instituto Ânima

Criado a partir da junção do Instituto Una de Responsabilidade Social e do histórico de mais de 50 anos de projetos de pesquisa, tecnologia e inovação da UniSociesc, o Instituto Ânima é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que tem por finalidade estimular, fomentar e coordenar, em âmbito nacional e internacional, projetos socioculturais de pesquisa e de inovação ligados à Educação.

Sua atuação principal são os projetos de inovação nos modelos de ensino-aprendizagem, de formação de professores, de pesquisa de caráter científico e tecnológico e de desenvolvimento social/sustentável, em parceria com as escolas da Ânima e com instituições públicas e privadas.

 

Sobre a Una

Com quase 60 anos de tradição em ensino superior, a Una oferece mais de 60 opções de cursos de graduação. Além de estar entre os melhores centros universitários do país, pelo MEC, a instituição de ensino também é destaque na edição 2019 do “Guia da Faculdade” (antigo Guia do Estudante), iniciativa da ‘Quero Educação’ com o jornal ‘O Estado de São Paulo’. Pelo ranking do Guia, a maioria dos cursos de graduação da Una, de diversas unidades, foram avaliados positivamente e classificados entre 3 e 4 estrelas.