Una Itumbiara promove evento online e gratuito com discussão sobre suicídio, nesta quarta-feira

Evento, que faz parte do Setembro Amarelo, discutirá o tema com foco na psicanálise e saúde mental. Para participar basta se inscrever em bit.ly/setembroamarelounaitumbiara

Como parte da programação do Setembro Amarelo, campanha nacional de prevenção ao suicídio, a Una Itumbiara receberá o psicólogo e psicanalista, Wellington Bessa, para um encontro online com o tema ‘Setembro amarelo: discussão sobre suicídio, com foco na psicanálise e saúde mental’. O evento online, gratuito e aberto à comunidade, acontece nesta quarta-feira (23/09) às 20h por meio da plataforma online da Una. Para se inscrever basta acessar bit.ly/setembroamarelounaitumbiara

Mestre em Psicologia Aplicada, Wellington Bessa atua no campo de Saúde Mental Pública e da psicanálise de Orientação Lacaniana, e irá explanar sobre a questão do suicídio, respondendo à duvidas dos participantes, como destaca a coordenadora dos cursos de saúde da Una, Dayana Melo. “O Setembro Amarelo é uma oportunidade de contribuir com as pessoas para que pensem melhor sobre este problema que afeta muitos indivíduos, e acaba sendo silencioso. Para ajudar à comunidade, realizamos este evento aberto e online, em que dúvidas poderão ser sanadas e quem participar poderá entender mais sobre o tema e até mesmo como ajudar quem passa por situação assim e precisa de apoio”, ressaltou a coordenadora.

Segundo informações dos organizadores nacionais da Campanha Setembro Amarelo, a cada ano cerca de 12 mil suicídios são registrados no Brasil, e ao considerar o mundo todo este número supera 1 milhão. Boa parte destes casos são entre jovens e 96,8% dos casos estão relacionados a transtornos mentais, o que motivou a temática deste encontro. Ainda de acordo com a divulgação, dentre os motivos em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

A Campanha Setembro Amarelo acontece desde 2014, em uma realização da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM. Para saber mais basta acessar setembroamarelo.com