Unidade Hospitalar do UMC abre maternidade e 30 novos leitos

A Unidade Hospitalar do UMC – Uberlândia Medical Center inicia o mês de maio com novidades: a abertura da Maternidade UMC e 30 novos leitos para demais especialidades, dando sequência ao planejamento estratégico e plano de expansão anunciados anteriormente. A maternidade amplia as áreas de atuação do hospital, que é o primeiro da região a realizar cirurgia robótica, oferece pronto atendimento 24 horas para clínica, urologia, cardiologia e ortopedia, possui UTI humanizada, novas suítes de internação e agora também conta com a maternidade, pediatria e UTI neonatal.

O diretor administrativo do UMC e 2° vice-presidente do Conselho Federal de Medicina – CFM, Dr. Alexandre de Menezes Rodrigues, destaca a importância destas novidades. “A cada nova entrega que fazemos no UMC estamos incrementando o setor de saúde não apenas de Uberlândia, mas também de toda região, e até de outros estados, pois já são diversos pacientes de fora que procuram o UMC em busca de um atendimento diferenciado. Entregar 30 novos leitos tem um impacto ainda maior neste momento de pandemia, com todas as atenções voltadas para os números e evolução deste cenário. Estes leitos já estavam em nosso planejamento, para funcionamento na Torre de Internação, que está na fase final de conclusão, assim como a Maternidade UMC também estava programada para este mês e se torna realidade, já atendendo as futuras mamães, que agora tem esta opção diferenciada de escolher o UMC”, destacou Dr. Alexandre de Menezes.

 

Maternidade UMC

A Maternidade do UMC oferece diferenciais para a cidade e toda a região, com quarto exclusivo para parto humanizado, alojamento conjunto para mãe e bebê ficarem lado a lado, internações realizadas exclusivamente em apartamentos sem utilização de enfermarias, e ainda possui salas especialmente preparadas para partos normais e cesáreas, UTI Neonatal para os recém-nascidos que necessitarem, e equipe de enfermagem 100% formada por enfermeiros graduados.

Para o início das atividades foi realizado um treinamento especializado em acolhimento e assistência às mães parturientes, focado em um atendimento seguro, personalizado e humano, fazendo com que, cada vez mais, a Unidade Hospitalar do UMC receba aos pacientes e familiares com profissionalismo e empatia, alinhados às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O início das atividades da maternidade neste ano vem de encontro ao fato de que a OMS elegeu 2020 como o ano da enfermagem e do profissional de obstetrícia. A médica responsável pela Maternidade UMC, Dra. Daniela Marques, destaca o que as gestantes podem esperar ao optarem pelo UMC para esse momento tão importante.As mães podem contar com o trabalho de profissionais capacitados, especializados em diversas áreas e com toda infraestrutura diferenciada que é uma característica do UMC. Aqui elas terão os melhores e mais modernos recursos tecnológicos, e o mais importante: toda equipe multidisciplinar empenhada para acolhê-las e acompanhá-las, desde a internação até a alta, garantindo um atendimento individualizado e integral para que elas se sintam seguras e desfrutem desse momento único que compreende a gestação e o parto”, ressaltou.

A médica também falou sobre a expectativa deste novo serviço, na Unidade Hospitalar do UMC. “Com o início da maternidade o Hospital ampliará o atendimento às gestantes e recém-nascidos com a oportunidade de participar desse momento tão especial na vida dos pais que é a gestação e o nascimento. Dessa forma, o Hospital passará a cuidar de toda a família, em todos os ciclos da vida, com serviços diferenciados e o que há de mais moderno em promoção de saúde”, concluiu.

A primeira gestante a realizar o parto na Maternidade UMC, Pollyana Bittencourt, explica o porque da escolha e como foi atendida. “A escolha se deu pela conhecida excelência do hospital e queríamos um lugar de referência, que fosse seguro para a chegada da nossa filha. A inauguração da maternidade nos deixou muito feliz. Não foi uma decisão difícil e entendo ser certeira, assim sendo uma escolha simples e de muito entusiasmo pra nós. Estamos muito felizes e com a nossa princesa Ana Lívia chegando com 37 semanas e muito bem assistida”, avaliou a primeira mamãe a fazer o parto na Maternidade UMC.